Seis ponto zero ou “uma espécie de amor que nunca morre”

foto

Se tudo correr conforme o esperado, dentro de dois anos e meio completo sessenta anos de existência. Mas não é de mim que quero falar.

Comemoramos ontem os 60 anos de uma pessoa muito querida. Ao assistir ao vídeo produzido por amigas de juventude da aniversariante, pude perceber o que representam seis décadas na vida de alguém.

Aquela garota das imagens na tela, tão leve e despreocupada quanto as duas lindas crianças presentes à festa, vai assumindo novos papéis: de namorada, de mulher, de esposa, de mãe, de sogra, de novamente companheira do marido, só os dois…

Mas o que realmente me chamou a atenção foi que, na grande maioria das imagens, os amigos estavam presentes. Os mesmos. Primeiro, em grupos de jovens, depois, todos com filhos pequenos, em seguida, adolescentes e, por fim, adultos. E retornam os grupos de amigos, agora pessoas já maduras, em casais ou só as mulheres.

A única conclusão a que se pode chegar é que a amizade é, realmente, “uma espécie de amor que nunca morre”, como registrou, com sabedoria e sensibilidade, o jornalista e escritor gaúcho Mário Quintana, em uma das crônicas reunidas na coletânea “Porta Giratória”.

Parabéns, querida Sílvia, que você continue cultivando sentimentos sublimes. Felicito também suas amigas de longa data e as mais recentes também, onde me incluo. Sinto-me gratificada em, nesses quase dez anos, fazer parte desse universo maravilhoso que se chama ‘Amigas Para Sempre’.

Beijos.

Sobre Celma Prata

Celma Prata é jornalista profissional e escritora. Autora dos livros "Descascando a Grande Maçã" [Sete_2012] e "Viver, Simplesmente" [Sete, 2016]. Atualmente integra o Conselho Editorial do Jornal AgroValor. É membro efetivo da Academia Fortalezense de Letras, da Associação de Jornalistas e Escritoras do Brasil e da Sociedade Amigas do Livro, onde lidera o conselho gestor para o biênio 2016-2018. Ver todos os artigos de Celma Prata

18 respostas para “Seis ponto zero ou “uma espécie de amor que nunca morre”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

prata-na-crônica

Crônicas, Jornalismo e outras Narrativas

Livros e Leitura

Universo mágico da leitura

Mariel Fernandes

As vistas do meu ponto

Riksaint Space

Um espaço dedicado às energias renováveis.

Estalos da Vida

As vezes a felicidade começa em um estalo!

Sobre os dias

sensações, vinhos e faltas.

Vila das Noivas

por Ingrid Martins e Aline Farias

%d blogueiros gostam disto: